13
jan
Visitando a Estátua da Liberdade!!!

Oi gente!!!

Aí que nessa volta ao Blog eu estava louca para falar de um dos assuntos que mais gosto…

Viagem! E mais especificamente… Nova York!

Das vezes que tínhamos ido para lá nunca tivemos a curiosidade, pique, vontade, coragem, ou chame do que quiser, de visitar a tão falada Estátua da Liberdade… Pensávamos… poxa, vamos pegar uma balsa, aí vamos lá na tal da Ilha, olhar a Estátua que dá para ver de qualquer lugar e pronto, xau… Não valia nosso dindin nem nosso precioso tempo em dólar…

Ok, mas cismei que seria hora de conhecer dona Liberdade! E fomos! Logo no segundo dia de viagem. O dia estava quente… beeem quente para setembro, mas pensamos ser o melhor dia, e fomos rumo ao Battery Park – a maneira mais comum e mais fácil de chegar na Estátua, pela ilha de Manhattan. A balsa parte do Battery Park que fica bem na pontinha da ilha, e pode ser facilmente acessado através do metro, pegando a linha 1 e descendo na estação South Ferry Station (existem outras linhas também).

Chegando ao guichê para a compra do ticket para a balsa, você vai se deparar com 2 opções.

  1. Visita à Estátua, do tipo, vai entra, brinca a vontade, podendo acessar o interior dela, e se pagar um pouco a mais pode ter acesso à coroa da Estatua da Liberdade,  mas para ir para a coroa tem que encarar uma subida estreita e escura com 162 degraus… dizem que a vista do topo da Estátua pode ser prejudicada pelo acrílico em volta  dela e que pode ser que não valha tanto a pena a subida…mas aí o negócio é com você…
  2. A segunda opção seria a visita à Estátua e também ao  Museu da Imigração onde habitam vários artefatos e história sobre os imigrantes na Ellis Island. Que assistiu ao filme Hitch o conselheiro amoroso irá lembrar quando o Hitch leva sua pretendente para ver o nome do seu avô no livro de imigração, e aí dá o maior quiprocó… rsrsrs –  (vale assistir ao filme).

De qualquer maneira as balsas irão parar nas duas ilhas (Liberty – Estátua e Ellis – museu), você quem decide onde descerá.

Mapa explicando da onde saem as balsas (tem balsa que sai também de Nova Jersey)

Mapa explicando da onde saem as balsas (tem balsa que sai também de Nova Jersey)

O dia que fomos estava de derreter, mas mesmo assim adoramos a visita, não achamos monumento muito pequeno… assim como alguns dizem… e nem ficamos decepcionadas com o visual de Manhattan do outro lado…

A gente tem umas fotos levantando as mãos tipo "fazendo a estátua" só que não precisa-se pagar mico por aqui né não...

A gente tem umas fotos levantando as mãos tipo “fazendo a estátua” só que não precisa-se pagar mico por aqui né não…

Lindeza de Manhattan...

Lindeza de Manhattan…

Ainda fizemos um lanche “Mara” na Liberty Island, com muitas batatas, cebolas fritas e suchis!

A gente acreditou na história das batatinhas...

A gente acreditou na história das batatinhas…

Super indicamos a ida à Estátua, e também a descida no Museu da Imigração… meu bisavô foi para Nova York, ainda voltarei lá para quem sabe encontrar o seu nome… Desta vez não tivemos tempo, mas isso é mais do que um bom pretexto para poder voltar, e contar aqui tudo o que achei “in loco” da tal famosa ilha da imigração (Ellis Island).

Ah, e quando voltar para o Battery Park, não deixe de passear por lá! É uma daquelas deliciosas surpresas de viagem perceber que existem pontos a serem explorados ainda em NY e que você nem imaginava! O Battery Park tem comidinhas, tem artistas que fazem caricaturas… tem povo tomando sol… tomando suco, tomando sorvete, tomando horas felizes em um passeio divertido!

2 (52)

No Battery Park

Quem já foi? Conta pra gente!!!

Beijos!!!


Categorias: Dia a Dia, NY, Viagem