24
mar
Disfarçando os Brancos!!!

Oi gentem!!!

 

Em umas das idas e vindas do trabalho, estava conversando com as meninas para conciliarmos nossas agendas (trabalho, filhos, ginástica, encontros), para eu poder marcar horário para tingir meu cabelo, coisa que faço de 20 em 20 dias.

Sim gente… vou contar a minha saga incansável desde os 18 anos… E para quem pensa que a saga era apenas para tingir os cabelos de loiro, ruivo ou moreno, está muito enganado!!! Era para tingir os CABELOS BRANCOS que já apareciam em minha cabeça desde essa idade!!!

Não vão pensando que era pouco cabelo branco… e que com uma mudança de posição da franja o assunto estava resolvido. Sempre foi muito cabelo (claro que com a quantidade de cabelo que tenho na cabeça, os brancos teriam que ser diretamente proporcionais)!!!

Comecei com uma coisinha mais natural. Ia no salão para fazer hena. Quem já fez, sabe do que estou falando… É praticamente um chá, que deixa os cabelos avermelhados. Você fica com uma touca térmica (fritando) até a cor pegar no seu cabelo e o pior de tudo… depois ainda tinha que tirar aquela coisa que grudava de uma tal forma no cabelo, que a impressão era que nunca mais ia sair aquela gosma da cabeça (2 dias de dor, na certa!!!). Nessa fase, estava na faculdade e um dia fui tingir o cabelo e logo depois fui para a aula. Virei motivo de piadinha!!! Os meus amigos perguntaram se eu tinha deixado uma lata de tinta vermelha cair na minha cabeça. Ainda bem que conforme ia lavando, o vermelho ia saindo. Essa primeira fase durou uns 2 anos!!!

Depois disso, parti para o tonalisante. Esse já é um pouco mais básico. Passava e agüentava firme por uns 2 meses. Ô tempo bom!!! Aliado ao tonalisante, rolava um alisamento japonês daqueles!!! Cabelo Pocarrontas!!! Preto e liso!!! Mais uma vez, ô tempo bom!!! (hoje, olhando para as fotos dessa época, não me gosto).

Aos 27 anos, engravidei. E o que fazer com o cabelo Pocarrontas??? Agüentar firme com ele natural… Essa época meu cabelo era o famoso cabelo de bandido… Ou estava preso, ou estava armado… (claro que optei pelo preso).

Assim que passei por esta fase de gravidez e amamentação, cortei o cabelo no ombro e pude começar a mudar novamente!!! 

Tonalisante, já era!!! Não resolvia mais… Tive que entrar de cabeça (literalmente) na tintura. E novamente, mulherada… quem usa tintura, sabe do que estou falando… caminho sem voltaaaaaaa!!! Lá fui eu… tentei muitas cores… Raiz escura com pontas claras; cabelo mais claro com pontas mais claras ainda; e agora minha fase atual… quase loira assumida. Sinal de amadurecimento… (nunca envelhecimento). Para quem dizia que nunca ia ser loira… o cuspe caiu bem no meio do cabelo (para não dizer testa)!!!

Depois desse texto gigantesco da minha saga, só mais algumas linhas para a dica de amiga de hoje, do Blog (dica dada pela minha amiga Ana Luisa Quinto).

Sabe quando você está na fase de tingir os fiozinhos brancos, mas quer esperar o final de semana para ficar mais gata? Se de repente aparecer aquele convite inesperado e irrecusável, não se preocupe… A gambis está aqui: é um spray que você espirra e cobre aqueles fios brancos indesejados da raiz. Ele não dura muito, normalmente durante o dia já vai saindo, afinal de contas vivemos mexendo e arrumando o cabelo. Eu uso o light Brown, mas têm mais 3 cores disponíveis. Acho ele ótimo e super indico!!!

spray

E você, já usou alguma vez esse spray? Tem alguma dica para cabelo branco? Joga no Blog.

Beijinhos.

 

 


Categorias: Dia a Dia