Hormônios no Closet » Blog Archive » Transformando um Bad Hair Day… Por Ana Paula Campos
28
nov
Transformando um Bad Hair Day… Por Ana Paula Campos

Oi gente!!!

Quem acordou num bad hair day,que abaixe o primeiro frizz da franja do cabelo!!!

Pior do que estar num bad hair day, é pegar uma bad hair fase… Daquelas em que grampos, piranhas, tic tacs passam a ser tão necessárias quanto nossa cafeína diária…

Aí que comecinho dessa semana… o bad hair day adora atacar as segundas e terças feiras né não??? Recebo uma foto de uma amiga mais que querida no meu whatsapp… dizendo não acreditar no que estava acontecendo com suas madeixas, o que a obrigou a fazer um coque de bailarina… (o que a meu ver a deixou estonteamente LINDA!!!) Ó o bad hair day dando ar do seu outro lado… afinal nosso lado hair stylist tem que aflorar por bem ou por mal nessa horas né…

Não podia perder a deixa e pedi para minha amiga querida, e que escreve maravilhosamente bem… enviar ao Blog o que a fez chegar naquele coque bailarina tão perfeito!!! E claro… quais femininas artimanhas teve que utilizar…

E com vcs. Ana Paula a Bailarina do dia…

foto

Cabelo: expert em alterar o humor feminino.

Por Ana Paula Campos 

Hoje teria sido uma manhã como outra qualquer se ele não tivesse acordado revoltado, indomável e com ódio mortal de mim. Na primeira olhada no espelho, um susto. Na segunda olhada no espelho, uma vontade de chorar. Ah, cabelo, por que você tem vida própria?!

E daí estava feito o estrago. O dia, que ainda nem havia começado, ficou nublado. E o (típico) mau humor matinal apareceu com força total.

Acho que nada tem tanta influência na auto-estima de uma mulher quanto os cabelos. Não sei se é porque o cabelo é a moldura do rosto; ou porque desde sempre ouvimos a história bíblica de Sansão, que tinha em seus cabelos uma força sobre-humana, e foi traído por Dalila (que aposto que tinha o pior cabelo do mundo e o entregou apenas por despeito!); ou porque descobrimos, ainda meninas, que uma mexida nos cabelos pode conquistar o coração daquele menino que faz o nosso coração bater mais rápido…

O fato é que o meu hoje jogou contra mim. Passado o momento inicial de pânico (e a vontade de voltar para a cama correndo), uma decisão tinha que ser tomada: como sair de casa para trabalhar minimamente ajeitada? Então, a luz: a bailarina que um dia existiu lembrou daquele coque que apertava a cabeça e congelava o cérebro, mas que mantinha todos os fios de cabelo no lugar! Pensar pra que? Hoje eu quero mais é vencer meu inimigo! E daí surgiu o primeiro problema: todo coque de bailarina pressupõe ser encharcado de spray, certo? E cadê o spray às 07:00 hs? E aqui, novamente, voltamos ao desespero. Inspira, expira e não pira. Tem que haver um spray em algum lugar na casa. O lado bom do mau humor – que nessa altura já virou fúria – é que nos deixa mais focadas e objetivas. Cinco minutos depois de vasculhar todos os armários e gavetas do banheiro eis a recompensa: spray. Karina. Isso mesmo: da época das nossas avós. O que ele fazia no meu banheiro? Não sei e não quero saber. Mas eu o amo. Com todas as forças do meu coração. E… ele está vencido. Sim, spray tem data de validade e sim, eu já estava beeem atrasada e usei o spray vencido mesmo. Tive três segundos para pensar e decidi que valia o risco. Na arte da guerra vale tudo. Ou quase tudo. Então, o inimigo finalmente foi preso e está em cativeiro – no meu coque de bailarina – até aprender a viver em sociedade…

A arma ultra secreta!

A arma ultra secreta!

Semi Joias Bona Lissa

Eu me diverti muito com o texto! o spray vencido só me fez ter a certeza de que como nós mulheres temos o poder de reverter qualquer tipo de situação… não é mesmo?

Conta pra gente o que vc. faz quando os seus fios se rebelam!!!

Beijos!!!


Categorias: Dicas


gravatar
Caca
novembro 28th, 2013 às 12:11

1

Sensacionallll amei, me identifiquei mtoooo com assunto rs.
Bjs a todas

[Responder]