19
out
Clara trançando o mundo!!!
E hoje a Clara vai falar sobre um assunto que salva os cabelos nos dias do nãoseioquefazercomajuba!!!
 
Por Clara Russo…
Estava pensando no que escrever, e claro que como escrevo poucas vezes, só escrevo sobre o que gosto. Aí fiquei a semana toda pensando… O que eu posso escrever que eu conheça bem.. algo que eu tenha conhecimento de causa…. Tava fuçando o bom e velho e também as vezes chato facebook, e pela primeira vez pensando ai que saudades do meu longoooooo cabelo…e me deparei com uma foto linda sabe do que??? TRANÇA MINHA GENTE!!!! Quem me conhece sabe da minha paixão por ela! A trança é o tipo de cabelo que você pode usar para academia, trabalhar, badalar e até em casamento!!!! Costumo fazer o cabelo pra casamento no salão do Rubinho, quando eu chego pra pentear ele já lança, JÁ SEI CLARA VAI FAZER TRANÇA NÉ? Acho que todas as vezes que fui madrinha tinha uma trança no meu cabelo… E sabe uma coisa??? Fui aprender a fazer trança acho que eu já tinha uns 15 anos..Estava aqui pensando acho que vou fazer um levantamento das fotos e postar… No casamento da semana passada ia só de escova, quando me lembrei que a Bruna arrasa na trança liguei pra ela e falei vem fazer uma trança embutida no meu cabelo??? E não é que ela foi gente!!!! Rssss
ALGUMAS DAS TRANÇAS DE CASÓRIOS…

 Sou muito amiga do GOOGLE e fui pesquisar a origem da trança: são muito antigas, a civilização africana usava para identificar tribos, religião, idade, origem, posição social e riqueza.

Na idade média ela era usada em toda a Europa e Grécia e sempre fazendo parte de certa classe, ou seja, identificava certa classe social.
Aqui no Brasil quem as trouxe foram os escravos no período Colonial e foi uma forte tendência na época dos hippies por volta dos anos 70.
Depois disso em todas as estações do ano ela surge de formas diferentes, mas sempre a bela e boa trança.
Tão vendo só? A trança é sempre bem vinda!!! Agora as famosas usando.

  E quem também usa a trança e curte demais? joga no blóguis!!!
Beijos


Categorias: Dia a Dia